X

9 tipos de profissionais que nunca alcançarão o sucesso

Muitos querem, poucos conseguem o famoso sucesso profissional. Mas qual a receita para chegar no topo e se manter lá, já que o mercado bem buscando cada vez mais versatilidade, dinamismo e capacitação dos profissionais.

Essa tal capacitação pode ou não vir dos bancos escolares, daquela faculdade que fez, do curso técnico, da pós graduação. A capacitação para ser um bom profissional também é aquela que você desenvolve ou que simplesmente nasce com ela. Tudo depende de como fomos criados, do ambiente que influenciou nosso crescimento e da base que os pais ou responsáveis nos passaram.

Porém, muitas pessoas simplesmente não desenvolveram essas capacidades ou habilidades sociais e talvez não cheguem a desenvolver, seja por falta de conhecimento ou mesmo arrogância, por saber que pode melhorar, mas se enxergar como um profissional pronto, que possui um diploma em uma das mãos e o instrumento de trabalho na outra.

Está gostando da leitura? Cadastre seu e-mail e receba mais conteúdo.

Gostou do artigo?

Inscreva-se na nossa newsletter para receber mais informações, dicas e tendências sobre o mercado de trabalho e carreira.

Mas o mercado de trabalho é bastante inconstante e cruel e conforme o ambiente profissional for apresentando suas situações, as habilidades passarão a fazer muita falta e o profissional promissor escorre ralo abaixo, junto com sua competência técnica. Parece exagero? Pois fique atento a a lista com os nove tipos de pessoas que dificilmente vão conseguir ter sucesso no trabalho, segundo o site norte-americano “Business Insider”.

O covarde dificilmente chegará a altos cargos. Apesar dos medo ser motivador, ele também é muito paralisador. É por isso que candidatos a presidente dizem que seus oponentes “destruirão a economia” ou que são divulgados alertas repetidos dizendo que “fumar mata”.
O arrogante acredita que tudo que você faz é um desafio pessoal. Arrogância é uma falsa confiança e, em geral, mascara grandes inseguranças. Pessoas arrogantes tendem a ter pior desempenho no trabalho e problemas cognitivos em relação aos outros.
O pensador pelo grupo escolhe o caminho de menos resistência e é famoso por propagar a frase “é assim que sempre fizemos” mentalmente. Se você se sente vítima de lavagem cerebral, tome cuidado: o ‘status quo’ nunca leva ninguém para passos maiores.

O ‘dementador’, criatura do universo de Harry Potter, onde tem a habilidade de sugar a alma das pessoas de seus corpos e só trazem tristezas e más lembranças para quem está em seu entorno. De acordo com a autora da saga, J. K. Rowling, desenvolveu esse conceito baseado em pessoas muito negativas –o tipo de pessoa que tem a habilidade de entrar em uma sala e acabar com a alegria de todos. Pessoas assim vão sempre ver o copo meio vazio e encher as outras de medo e preocupação, mesmo em momentos positivos.

O ‘sem oportunidades’ é aquele que diz que o fracasso foi causado pela falta de oportunidade. Sorte pode ajudar na carreira, mas, em geral, grandes profissionais chegam onde chegaram por meio de muito trabalho duro. O que essa pessoa não percebe é que sua atitude é o que a leva ao fracasso, e não as circunstâncias.

Algumas pessoas não têm nenhum controle sobre suas emoções, esse é o temperamental. Ele vai estourar e projetar seus sentimentos sobre você e pensar que você é o único responsável pelo problema deles. Pessoas temperamentais trabalham mal porque deixam suas emoções atrapalharem seu julgamento. A falta de controle destrói relacionamentos.

As vítimas são mais difíceis de se identificar porque, no início, você sente empatia por elas. Mas, com o tempo, percebe que o “tempo de necessidade” delas é o tempo inteiro. Vítimas sempre se livram de qualquer responsabilidade ao fazer uma lombada se tornar uma montanha intransponível.

O inocente é aquele que só dá para sentir pena dele. Essa pessoa é aquela que faz tudo em qualquer momento por todo mundo. Essas pessoas acabam aceitando qualquer coisa, incluindo péssimos negócios, e acaba perdendo o respeito das outras pessoas.

E aquele que vive pedindo desculpas… Para cada pessoa que deve um pedido de desculpas existe outra que pede muito mais do que deveria. Pessoas sem confiança estão sempre se desculpando por suas ideias e ações. Elas têm medo de fracasso e acreditam que pedir desculpa vai criar uma rede de segurança. No entanto, desculpas desnecessárias podem fazer com que as ideias desses funcionários pareçam piores do que elas realmente são.

Fuja desses estereótipos se quer passar a ter mais sucesso em sua carreira. Seja mais proativo e tente buscar o que é melhor para você e para o grupo. E se conhece alguém que possui essas características, que tal buscar um pouco mais de inteligência emocional? Buscar um coach ou mesmo se desenvolver através dos exemplos dos próprios colegas no trabalho?

últimas Postagens

Catho

Catho Online Ltda. CNPJ: 03.753.088/0001-00 Alameda Juari, 262 - Barueri, SP - 06460-090 Política de Privacidade

Gostou do artigo?

Inscreva-se na nossa newsletter para receber mais informações, dicas e tendências sobre o mercado de trabalho e carreira.

Fechar