X

Conto minhas falhas na entrevista?

Errar é comum e o recrutador sabe disso. Ninguém nasce sabendo ou é incapaz de falhar, então conte a ele suas derrotas.

A entrevista de emprego é um momento de muito estresse e ansiedade para a maioria das pessoas. Não é fácil ter seu perfil avaliado e responder a questões tão profundas sobre si mesmo – como a torturante “aponte-me as suas cinco principais qualidades e defeitos” – quando tudo que queremos é uma oportunidade para ingressar no mercado de trabalho. A pressão se torna ainda maior quando não sabemos ao certo o que exaltar e o que omitir do nosso histórico profissional enquanto encaramos o recrutador da empresa durante a entrevista.

Muitas vezes, nos equivocamos quando achamos que o recrutador está a procura de alguém que jamais falhou na vida. Pesquisas e entrevistas feitas com headhunters das maiores multinacionais do país mostram que o recrutador brasileiro procura, principalmente, um profissional que tenha criatividade e se saia bem diante de uma falha e, ainda, aponta que a falta mais grave que se pode cometer na entrevista de emprego é mentir. Saiba que antes de contratar um novo profissional, a empresa e o recrutador investigam o passado profissional do candidato e você pode ficar surpreso ao perceber como é fácil descobrir possíveis mentiras ditas pelo candidato.

Está gostando da leitura? Cadastre seu e-mail e receba mais conteúdo.

Gostou do artigo?

Inscreva-se na nossa newsletter para receber mais informações, dicas e tendências sobre o mercado de trabalho e carreira.

Não se subestime! Não ache que sua vida profissional é absurda, que você é um fracassado ou que seu profissionalismo é baixo por ter sido demitido um dia ou algo do tipo. Inevitavelmente, vamos falhar em um ponto ou outro da nossa trajetória profissional e o recrutador sabe muito bem disso. Ele sabe que as pessoas audaciosas se arriscam, têm opiniões fortes e não se intimidam com os problemas. Assim, ter falhas ou derrotas pode ser sinal de que o profissional é persistente e não desiste do seu objetivo diante do primeiro obstáculo, ou seja, a falha vira uma qualidade. O recrutador não precisa saber de todas as suas fraquezas e fracassos, mas caso a resposta para a pergunta feita por ele precise incluir uma derrota, não hesite em ser honesto. Um profissional honesto é muito mais apreciado em uma entrevista de emprego do que um profissional que jamais falhou na vida.

Você deve ter em mente, acima de tudo, de que você é competente no que faz e que a empresa sairá ganhando ao te contratar, independentemente do que pode ter acontecido no passado. Começando a entrevista com essa mentalidade, você estará melhor preparado para explicar que suas falhas foram fruto de fatores externos – impossíveis de prever ou evitar – ou, se foi mesmo por um erro pessoal, que você aprendeu com o erro e isso te faz um profissional mais experiente e pronto para os desafios da profissão.

Transforme a derrota numa conquista! Essa é a chave para se sair bem em uma entrevista de emprego. Mais do que dizer ao recrutador que você aprendeu com os seus erros, transforme isso numa verdade: aprenda com os seus erros. O profissional que enfrenta obstáculos, seja na parte financeira, profissional ou pessoal, deve contornar a situação de forma positiva, criativa e confiante. Dessa forma, ele aprenderá muito com essa experiência e o problema que enfrentou se transformará numa qualidade que o recrutador ficará feliz em ouvir.

últimas Postagens

Catho

Catho Online Ltda. CNPJ: 03.753.088/0001-00 Alameda Juari, 262 - Barueri, SP - 06460-090 Política de Privacidade

Gostou do artigo?

Inscreva-se na nossa newsletter para receber mais informações, dicas e tendências sobre o mercado de trabalho e carreira.

Fechar