X

Masterchef: O que o programa ensina para sua carreira?

O programa Masterchef mostra que para alcançar o objetivo é necessário saber lidar com gritos, críticas e muita pressão no ambiente de trabalho.

Masterchef, conhecido e amado no mundo todo, é um programa super interessante e cheio de adrenalina. A pressão a qual os candidatos são submetidos no programa é compreensível: além dos candidatos estarem disputando a chance de conquistar um sonho, suas derrotas ou sucesso estão sendo exibidas para todo o país.

O programa virou febre no mundo por um motivo simples: ver como esses candidatos se sobressaem diante de toda a pressão e exposição é inspirador.Eles precisam executar pratos de acordo com as exigências de cada prova e cada etapa da competição. O juri, dotado de especialistas exigentes, avalia o potencial de cada prato e a sua execução, falando de forma direta – e muitas vezes, dolorosa – quando o candidato não está trabalhando da forma ideal.

Assistir a esse programa é muito divertido e, muitas vezes, torcemos e vibramos com as falhas e acertos dos candidatos. Isso porque o Masterchef consegue captar todo o estresse que trabalhadores do mundo todo de diversas áreas profissionais precisam enfrentar diariamente: estamos sendo julgados e avaliados desde o momento da entrevista de emprego até o momento de se aposentar. E isso é muito bom para nos manter motivados e desafiados.

Porém, quando a pressão se torna motivo de estresse constante, o que era pra ser o motor propulsor da sua boa performance acaba sendo o obstáculo que atrapalha o seu desempenho e, consequentemente, o seu sucesso.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (WHO, World Health Organization), ter saúde não é simplesmente não estar doente, mas ter também uma qualidade emocional e de vida satisfatória. Essa organização já fez diversas publicações sobre os perigos de um trabalho que exige demais de seus funcionários e como os chefes, líderes e gerentes em geral devem saber lidar com seus funcionários de forma a motivá-los sem levá-los a exaustão, sugerindo até cursos sobre a abordagem motivacional ideal.

Esse assunto te interessa? Para receber mais conteúdo relacionado a carreira, basta cadastrar seu e-mail abaixo.

Gostou do artigo?

Inscreva-se na nossa newsletter para receber mais informações, dicas e tendências sobre o mercado de trabalho e carreira.

Trabalhando sob pressão: o que fazer?

O ideal é que todos nós pudéssemos trabalhar naquilo que amamos e no ritmo que nos é confortável. Esses são os ingredientes perfeitos para produzirmos em quantidade e com qualidade. Mas, infelizmente, o mundo moderno exige produtos e serviços cada vez mais rápidos sem deixar a qualidade de lado. Mas não se desespere: listamos

5 dicas valiosas para conseguirmos manter nossa saúde emocional em ordem e ainda produzirmos o que nos é esperado, como estes a seguir:

1 – Exercícios físicos
Ainda que sua área de trabalho não tenha qualquer relação com o corpo, manter-se em movimento é essencial. Pessoas ociosas tendem a ser mais ansiosas e a desenvolver depressão, o que afeta drasticamente não só o desempenho no trabalho, mas a sua reação quanto a críticas, mesmo as construtivas.

2 – Dormir bem
Uma boa noite de sono é fundamental para o cérebro ficar suficientemente descansado e, consequentemente, mais organizado e produtivo. Dormir bem também melhora o humor e a capacidade de tomar decisões sábias, além de melhorar o poder de concentração.

3 – Coma bem
Todos nós precisamos nos alimentar bem, e isso nenhum emprego, por mais que seja o trabalho dos seus sonhos, pode tirar de você. Reserve tempo suficiente no seu dia para um almoço tranquilo e de qualidade e procure evitar doces e gorduras durante o trabalho. Isso irá lhe dar mais disposição para enfrentar a pressão e o estresse no ambiente profissional. Cigarro e bebidas alcólicas para pessoas que enfrentam um trabalho estressante só pioram o desempenho e o estresse do dia a dia.


4 – Seja organizado
Organização é a chave do sucesso para trabalhos estressantes e puxados. Chegar atrasado no trabalho, deixar de anotar dados importantes, contando sempre com a memória, ficar checando mídias sociais ou mensagens no celular e tentar fazer mil atividades ao mesmo tempo só atrapalham seu desempenho e a qualidade do serviço que está prestando, causando muito mais estresse e cobranças. Procure adotar hábitos saudáveis no seu dia a dia, como o de acordar cedo, sair cedo e ir tranquilo para o trabalho – chegando pontualmente. Procure colocar os seus afazeres do dia em uma lista por ordem de prioridade. Faça pausas durante o trabalho, principalmente nos momentos em que o estresse estiver fora de controle. E, por fim, esqueça o trabalho no fim do expediente.

5 – Livre-se dos maus hábitos
Lembre-se: você é só um. Não exija tanto de você mesmo e seja honesto com seus superiores quando o trabalho estiver te consumindo toda a energia. Tudo o que você pode fazer é dar o melhor de si em tudo o que faz, mas não mais que isso e ninguém pode exigir mais que isso de você. Tente não levar as coisas muito a sério, um pouco de bom humor pode transformar o seu dia da água pro vinho. E por fim: não tente controlar o incontrolável.

últimas Postagens

Catho

Catho Online Ltda. CNPJ: 03.753.088/0001-00 Alameda Juari, 262 - Barueri, SP - 06460-090 Política de Privacidade

Gostou do artigo?

Inscreva-se na nossa newsletter para receber mais informações, dicas e tendências sobre o mercado de trabalho e carreira.

Fechar