X

Promoção: não aguento mais esperar!

“Emprego? Vixi, tempos difíceis, né? Ainda se fala muito em crise. Acho que o mar não está pra peixe. Tanta gente desempregada, que mesmo eu não estando tão feliz assim no meu trabalho, não posso nem reclamar.” –  Com certeza você já ouviu uma pessoa fazer um discurso semelhante a este, e se você não ouviu, você é a pessoa que faz este discurso.

Receosas com a instabilidade no mercado de trabalho, muitas pessoas não se permitem ou não admitem que precisam galgar novas posições profissionais e que estão com a frase “Não aguento mais!” entalada na garganta. Mas, estamos aqui para dizer: se sentir assim é um problema, mas está tudo bem se você precisar expressar isso. Inclusive, você deve dizer isso.

Se você não aguenta mais o seu atual cargo e não vê a hora da tão esperada promoção chegar, você precisa falar sobre isso e reagir a isso.

A estagnação pode gerar diferentes impactos negativos a curto, médio e longo prazo na sua vida pessoal e profissional. Desde problemas emocionais e de saúde, quanto no desenvolvimento de carreira. Sentir-se estacionado pode abalar sua autoconfiança, sua motivação, seu ânimo e, como num efeito dominó, todas as características que atrapalham seu desempenho profissional. E o maior problema disso tudo é que, a medida que essa situação permanece, seu comportamento negativo se agrava e te afasta ainda mais de uma recuperação.

Então, chega, né? Já sabe o que fazer para sair deste atolamento e ser promovido?

Antes de qualquer coisa, para evitar uma frustração neste momento, saiba que nenhuma ação que você faça vai te dar automaticamente a promoção. Mas um conjunto de comportamentos pode te colocar no caminho. Confira em 3 passos:

Busque e emita motivação
Deixar transparecer sentimentos como otimismo, entusiasmo e autoconfiança possibilita que você contagie as pessoas ao redor com a sua energia e gana em fazer as coisas acontecerem no ambiente profissional. Por isso, para sair da situação de estagnação, é tão importante se motivar. Ser visto como alguém engajado com o trabalho e a empresa favorece o seu reconhecimento por parte dos colegas e chefia, mesmo que não imediatamente.

Pense fora da caixa
Trabalhe de outra maneira. E como quem não é visto não é lembrado, esforce-se para evidenciar seu trabalho. Que tal revisar antigos processos que não são mais tão eficientes e reestruturá-los? Ou então pesquisar inovações do mercado para se inspirar no seu negócio? Tomar iniciativas assim, voluntariamente, demonstra que você é pró-ativo e necessário para o andamento das tarefas. Pense no que pode ser feito diferente e FAÇA diferente.

Fale sobre a situação
Não é uma negociação se você não oferece nada em troca. Primeiro, você precisa estar com tudo nos trinques para fazer exigências e falar das suas insatisfações. Então, se você já tem uma postura profissional exemplar, ou depois de adaptá-la, converse com o seu gestor para explicar sua atual situação e negociar uma mudança:

  • Comente todos os seus grandes feitos, projetos, otimizações e tudo que estiver no check list de bons resultados. Assim, você dará visibilidade ao seu trabalho e como ele contribui para os negócios;
  • Fale do seu histórico de carreira na área e/ou na empresa com o objetivo de gerar empatia no seu superior a respeito do desenvolvimento da sua carreira. Saber contar como a situação está te prejudicando pode fazer com que ele coloque tudo na balança: suas entregas vs. benefícios oferecidos;
  • Proponha vantagens para a empresa. Explique como você poderá contribuir estando em um novo cargo, quais são seus planos e as oportunidades de melhoras que você enxerga. Quem sabe esse não é seu trunfo final?

Gostou do artigo?

Inscreva-se na nossa newsletter para receber mais informações, dicas e tendências sobre o mercado de trabalho e carreira.

últimas Postagens

Catho

Catho Online Ltda. CNPJ: 03.753.088/0001-00 Alameda Juari, 262 - Barueri, SP - 06460-090 Política de Privacidade

Gostou do artigo?

Inscreva-se na nossa newsletter para receber mais informações, dicas e tendências sobre o mercado de trabalho e carreira.

Fechar