X

Velho é seu preconceito

Quem é que não conhece um aposentado que não se conforma, com razão, do valor do benefício pago pela previdência social? Uma pesquisa feita pela consultoria Mercer com 1,5 mil aposentados aponta que essa onda de insatisfação diminuiu significativamente.

Não porque o benefício aumentou, mas porque os aposentados arregaçaram as mangas e seguem trabalhando: a mesma pesquisa mostra que hoje no Brasil, 49% dos aposentados continua a trabalhar e gerar renda.

O estudo mostrou ainda que os gastos após os 60 anos aumentaram e que 63% dos entrevistados passaram a ter suas despesas iguais ou maiores a dos não aposentados, principalmente com habitação, alimentação e saúde.

Mas a boa notícia é que o mercado de trabalho parece disposto a contratar esses profissionais. A demanda das empresas por mão de obra qualificada e experiente tem sido cada vez maior, abrindo portas e oportunidades para pessoas experientes e que gostariam de voltar a trabalhar.

Que tal saber mais sobre carreira? Cadastre seu e-mail abaixo e receba a newsletter #NaLabuta.

Gostou do artigo?

Inscreva-se na nossa newsletter para receber mais informações, dicas e tendências sobre o mercado de trabalho e carreira.

E se a ideia é complementar a renda ou simplesmente quebrar a marasmo, é só fazer o caminho de volta ao mercado de trabalho e se encaixar no que mais lhe dá prazer ou tarefas que se sinta útil, claro com o salário compatível com as expectativas.

Porém, se você parou de trabalhar e decidiu voltar, saiba que algumas empresas podem ter receio de contratá-lo pensando que poderá mudar de ideia novamente a qualquer momento.

Para elas, será um risco maior contratá-lo, por exemplo, para um projeto de longo prazo.

A dica então é que, na hora de buscar um novo posto, pode ser uma boa ideia focar em projetos de curto prazo, que já têm datas certas (ou quase certas) de início e fim.

Existem situações específicas que as empresas podem precisar do apoio de alguém mais experiente.
Neste caso, nas áreas em que faltam especialistas existe a necessidade de profissionais mais experientes, que são consideradas boas alternativas por terem bagagem e não almejarem tanto promoção, crescimento no curto prazo ou cargos de gestão.

Outra dica essencial é manter-se o mais atualizado possível, inclusive em relação a novas tecnologias e internet. Quer mais dicas de como elaborar um currículo campeão? Clique aqui

últimas Postagens

Catho

Catho Online Ltda. CNPJ: 03.753.088/0001-00 Alameda Juari, 262 - Barueri, SP - 06460-090 Política de Privacidade

Gostou do artigo?

Inscreva-se na nossa newsletter para receber mais informações, dicas e tendências sobre o mercado de trabalho e carreira.

Fechar